Menu fechado

Bahia: 40% das mortes em hospital de covid-19 têm outras causas, diz diretor

O diretor do maior centro de referência em tratamento de coronavírus no Estado da Bahia, o infectologista Roberto Badaró afirmou ontem que 40% dos óbitos registrados no Hospital Espanhol como covid-19 são decorrentes de outras enfermidades.

Após seis anos fechado, o Espanhol foi reaberto pelo Governo da Bahia em abril como unidade exclusiva de tratamento do novo coronavírus, com 220 leitos, 140 deles de UTI. O investimento foi de R$ 8 milhões na recuperação da unidade e outros R$ 29 milhões para o contrato de gestão dos serviços hospitalares.

“No meu hospital, o Hospital Espanhol (Salvador, Bahia), 40% dos doentes que eu recebo lá não tem Covid-19. Não tem Covid-19! E morre, mas lá no atestado de óbito tem lá, Covid-19, porque vem três campos no atestado de óbito e ele entra com suspeita de Covid, então tá lá no atestado de óbito”, disse o infectologista, em entrevista à radio Metrópolis.

Fonte: UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.