Menu fechado

Deputado Daniel Silveira vai para prisão domiciliar com tornozeleira

O Ministro Alexandre de Moraes acaba de conceder prisão domiciliar com uso de tornozeleira ao deputado Daniel Silveira (PSL). Ele vai exercer seu mandato através de presença em sessões da Câmara não presencial.

Daniel havia feito duras críticas a ministros do STF e estava preso em uma unidade da PM.

Era 16 de fevereiro, terça-feira de Carnaval, quando o deputado Daniel Silveira foi preso por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A prisão foi em flagrante, logo após o parlamentar postar na internet um vídeo atacando ministros da Corte. Nos dias seguintes, o plenário do Supremo e a Câmara dos Deputados confirmaram a prisão e mantiveram Silveira atrás das grades.

Cá para nós: em momento que grandes traficantes, doleiros, criminosos são soltos aos milhares e sentenças de três instâncias são anuladas, Daniel Silveira é café pequeno. Aliás, a tornozeleira não seria suficiente?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.