Menu fechado

Deputado acusa Rodrigo Maia de sabotar projetos contra o crime organizado

Em entrevista ao jornalista maranhense José Linhares Jr, deputado federal Sanderson (PSL-RS) acusou o ex-presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) de sabotar projetos que pretendiam endurecer a lei contra o crime organizado. A atuação consistiu em não colocar em pauta a votação os projetos da chamada bancada da Segurança Pública. Atitude que acabou facilitando a vida do crime organizado.

Para o deputado Sanderson, a população enviou um recado claro nas urnas em 2018 ao eleger a maior bancada de parlamentares de origem militar ou policial desde a redemocratização.

“Foram eleitos 38 parlamentares que vieram das forças de segurança. O povo não aguenta mais e colocou homens e mulheres que combatem o crime nas ruas para combater o crime dentro do Legislativo”, disse.

O deputado elencou uma série de projetos que, caso aprovados, iriam endurecer as leis contra o crime organizado no país. Projetos que, segundo ele, apesar do forte apelo popular, não foram colocados em votação pelo ex-presidente Rodrigo Maia.

“Foram dois anos represando os projetos que iriam endurecer as leis contra o crime organizado”, disse o deputado.

Para o deputado, a ação de Maia teria sido impulsionada por sua proximidade com parlamentares de esquerda. Segundo ele, o ex-presidente teria trocado apoio de bancadas de esquerda em troca, entre outras coisas, pelo trabalho contra leis contra o crime organizado.

Fonte: LinharesJr.com

Cá pra nós: muita coisa ficou engavetada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.