Menu fechado

1/3 das empresas fechou no RS

Nas ruas, esta semana, empreendedores e populares identificaram o governador como “exterminador do futuro”, embora seja um verdadeiro “exterminador do presente”, como mostra esta pesquisa do Sebrae do RS.

As restrições produzidas por Eduardo Leite jogaram o RS na sua mais terrível recessão. No ano passado, o PIB estadual caiu 7%, contra 0,9% de Santa Catarina, que usa política de restrições bem mais benignas e inteligentes. 

Este é o maior índice desde que a pesquisa começou a ser realizada. 

A décima edição da Pesquisa de Monitoramento dos Pequenos Negócios na Crise, realizada pelo Sebrae RS, entre os dias 2 e 18 de março, mostra que aproximadamente

O percentual mais do que dobrou em relação ao levantamento anterior, quando apenas 16% dos negócios estavam fechados. A principal causa deste fechamento, para 70% das empresas, são as restrições de funcionamento dos estabelecimentos impostas pelas autoridades. 

CLIQUE AQUI para conhecer os principais dados da pesquisa.

Fonte: Blog do Políbio Braga

Cá pra nós: remédio forte demais é veneno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.