Menu fechado

Gilmar vota a favor de restrições em cultos e missas presenciais

O Ministro Gilmar Mendes, relator, votou a favor de restrições ao funcionamento de cultos e missas presenciais, e que possam continuar fechados temporariamente por governos estaduais e prefeituras. Segundo Gilmar, a restrição aos locais não interfere na liberdade religiosa.

No voto, fez reiteradas defesas às medidas de distanciamento social no combate à pandemia, com exemplos internacionais.

O julgamento devido o adiantado da hora foi encerrado e retorna na próxima sessão, amanhã (8).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.