Menu fechado

Deputado federal fez duras críticas ao STF por ativismo judicial durante pandemia

O deputado federal, Ricardo Barros (PP-PR), fez duras críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o parlamentar, a Corte praticou grande ativismo Judicial durante a pandemia e atrapalhou o governo federal a liderar mais amplamente o combate à Covid-19 e, por duas vezes, reafirmaram as prerrogativas dos Estados e Municípios em detrimento da Uniãoz. Após a má repercussão, uma nota foi emitida para tentar consertar a situação.

Barros questionou o trabalho de órgãos de controle e reiterou críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o STF teria retirado a capacidade de resposta do governo, apesar de o presidente da Corte ter emitido nota que garante a manutenção dos poderes da União de liderar as ações de resposta à pandemia

“Querer cobrar do governo federal o que é responsabilidade de execução do município é uma narrativa que já não cabe, mas a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) vai demonstrar que é assim que funciona o sistema”, afirmou. “A execução da política de saúde é do prefeito”, mas quando o prefeito ou governador erra tentam jogar no colo de Bolsonaro, ficou muito cômodo.

O deputado, que já foi ministro da Saúde conhece por dentro os problemas da área no Brasil. As críticas foram ainda mais longe e o deputado disse que a suprema Corte interfere em todos os poderes e isso está se tornando um grande problema.

Fonte: Terra Brasil

1 Comentário

  1. Jose Hermano Silva Franklin

    Concordo Deputado. Acho pouco apenas criticar o STF. Se ha acusações contra membros do STF q se apure e q seja EXEMPLARMENTE punidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.