Menu fechado

Witzel tem mandato cassado

Com o voto do deputado Alexandre Freitas (Novo), formou-se a maioria de 2/3 necessária para a condenação de Wilson Witzel no processo de impeachment. Ele foi o sétimo integrante do tribunal misto, formado por parlamentares e desembargadores, a votar contra o governador afastado, acusado por crime de responsabilidade na gestão de saúde do Rio de Janeiro.

Com o placar, Wilson perde definitivamente o mandato e poderá ficar impossibilitado de assumir funções públicas por até 5 anos — o período será definido na segunda parte do julgamento. Permanece como governador Cláudio Castro, que ocupa o cargo desde agosto do ano passado, quando Witzel foi afastado do mandato.

Witzel é acusado pela reabilitação da organização social Unir Saúde, para gestão de hospitais públicos, e pela contratação do Iabas, outra OS, para construir e gerir hospitais de campanha.

Investigações da Polícia Federal — que levaram Witzel a ser denunciado por corrupção, lavagem e organização criminosa — apontam que as duas entidades falhavam na entrega dos serviços e pagavam propina para manter contratos com o governo estadual.

Fonte: O Antagonista

CÁ PRA NÓS: Já são 8 votos a favor do impeachment e tudo indica que deverá ser por unanimidade.

Atualização:: Foi por unanimidade a perda do mandato. Já a inelegibilidade foi por cinco anos, um julgador pediu quatro anos.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.