Menu fechado

Adail Carneiro é condenado a quase 10 anos em regime fechado

Em decisão emanada do juiz Danilo Fontenele, da 11ª Vara Federal de Fortaleza, o ex-deputado Adail Carneiro foi condenado a 9 anos e 9 meses de prisão por crime de lavagem de dinheiro, ocultação de bens, direitos e valores. O regime da pena será fechado.

A investigação mirava o esquema de contratação de serviços de locação de veículos e motocicletas com desvio de dinheiro público, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro pelo grupo liderado por Adahil.

De acordo com a Polícia Federal na época da deflagração da Operação, o esquema já movimentara cerca de R$ 600 milhões em licitações públicas. A PF informou que havia repasse de verbas públicas para as contas das empresas que utilizavam ‘laranjas’ para participarem de um mesmo certame, forjando uma concorrência fictícia.

“Durante esses quase 20 anos, três empresas têm vencido os processos licitatórios da prefeitura”, na contratação de aluguéis de veículos, disse o delegado Joelson.

Segundo ele, “por conta dos contratos, havia repasse de verbas públicas para as contas das empresas e identificamos que havia o saque em espécie. Essa empresa utilizava ‘laranjas’ para participarem de um mesmo certame, forjando uma concorrência fictícia. Uma delas vencia a licitação e era celebrado o contrato de locação de veículos”, explica.

CÁ PRA NÓS: Uma ponta do nó foi revelado, a outra que supostamente estaria dentro da prefeitura como ficou?

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.