Empresa de cibersegurança descobre novo golpe do WhatsApp clonado nesta quinta-feira (13). Os golpistas estão usando a engenharia social para enganar as vítimas e driblar a dupla autenticação do WhatsApp. Informações são do TechTudo.

O golpe do WhatsApp clonado não é uma novidade, ele vem sendo praticado por criminosos há pouco mais de dois anos. Agora esse golpe evoluiu e criminosos conseguem burlar a dupla autenticação do mensageiro. De acordo com a Kaspersky, esse novo golpe começa com uma mensagens dos criminosos, que alegam ser do Ministério da Saúde e perguntam se podem realizar uma pesquisa sobre a Covid-19. Em seguida, os golpistas pedem o código de verificação enviado para o celular, alegando que isso é necessário para completar a pesquisa.

Na segunda parte do golpe, os criminosos, após conseguirem o código de verificação, finalizam a falsa pesquisa. Depois, eles fazem uma nova ligação para a vítima, se passando pelo suporte do WhatsApp, falando que identificaram atividades suspeitas na conta. Para resolver essas tais atividades suspeitas, eles enviam um e-mail para que o usuário cadastre outra senha de dupla verificação. Entrando nesse link a vítima desabilita a proteção para criar uma nova senha, e, com isso, os golpistas conseguem burlar o sistema e roubar o WhatsApp.

A proteção mais efetiva, asseguram pesquisadores da Kaspersky, é desconfiar do golpe e saber antecipadamente que ele existe. A empresa recomenda que os usuários do aplicativo de mensagens continuem utilizando a dupla autenticação para proteger a conta e nunca desativem a proteção.

Fonte: IstoÉ

CÁ PRA NÓS: Olho vivo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here