Menu fechado

MPCE, MPF e Defensoria Pública do Estado ingressam com recurso pedindo retorno das aulas presenciais em escolas municipais de Fortaleza

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), o Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública do Estado do Ceará ingressaram com agravo de instrumento, nesta terça-feira (18/05), no Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), requerendo a reforma da decisão que negou o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas da rede municipal de Fortaleza.

No recurso, o Ministério Público e a Defensoria Pública requerem que as crianças do ensino público infantil e fundamental da Capital tenham o mesmo direito dos alunos do ensino privado e voltem a ter aulas nas séries em que houver autorização da autoridade sanitária, desde que sejam cumpridos os protocolos estabelecidos.

Fonte: Ascom/MPCE

CÁ PRA NÓS: Esse modelo implantado de fechar escolas por longos períodos não próspera em nenhum país civilizado do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.