Menu fechado

Integrantes da cúpula militar: não há a menor disposição da instituição de “levar desaforos de um senador como ele para casa”

Nesta quarta-feira (19), todos os olhos dos integrantes das Forças Armadas estarão voltados para o desempenho de Eduardo Pazuello na CPI da Covid. É grande a expectativa, tanto de militares da ativa quanto da reserva, sobre o comportamento do ex-ministro da Saúde. A principal apreensão é de que o general venha a ser achincalhado por senadores da Comissão e, assim, exponha ainda mais sua instituição de origem.

Mergulhados de cabeça no governo Bolsonaro, os militares vivem, neste momento, uma das situações mais tensas e de exposição desde que o presidente subiu a rampa do Palácio do Planalto.

A avaliação é de que, mesmo que os ataques sejam dirigidos a Pazuello, poderão respingar sobre as Forças Armadas. O desconforto maior está concentrado em um personagem específico, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Integrantes da cúpula militar afirmaram à coluna que não há a menor disposição da instituição de “levar desaforos de um senador como ele para casa”. Disseram também que, se o relator atacar Pazuello de uma maneira que remeta a todos os militares, isso pode “jogar lenha na fogueira” de alas já inflamadas na instituição.

Fonte: Coluna Bela Megale – O Globo

5 Comentários

  1. JANE Albuquerque

    Só no Brasil que os senadores, vereadores,deputados,prefeitos,governadores ñ tem um pingo de respeito com o presidente da República ! Que triste ver os políticos corruptos ladrões lutando pra por outra vez no poder um bandido e seus filhos que ficaram bilionários porque roubaram a nação Brasileira ,e ñ vejo uma emissora de TV mostrando o que o verdadeiro presidente fez e tá fazendo maravilhas por todos os lugares do Brasil em menos de 2 anos de governo…!

  2. Anônimo

    Da até desespero ver a canalhice que estão tentando fazer nessa CPI, ao ponto de ser ridículo um cara sem um pingo de caráter questionando um Militar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.