Menu fechado

Oficial do Exército com perna amputada foi impedido de tomar imunizante: “precisa de laudo”

O Oficial do Exército Pedro Teixeira, de 23 anos, que tem uma perna amputada, foi se vacinar contra a Covid-19 em Niterói, no Rio de Janeiro, e foi impedido de tomar o imunizante por não ter apresentado um laudo médico.

“A Prefeitura já entrou em contato comigo e disse que não precisaria de laudo. Me mandaram ir no Fonseca ou no Campo de São Bento”, disse Pedro.

Segundo O GLOBO, o jovem teve o membro amputado depois de um acidente na Ponte Rio Niterói no dia 19 de fevereiro de 2020. Na ocasião, Pedro havia parado para trocar o pneu do seu carro, quando foi atropelado por um reboque e precisou amputar a perna.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.