Menu fechado

China cumpre data e antecipa outra remessa de insumos para o Brasil. Teoria do conflito desmorona

Mais uma construção de narrativa por parte da grande imprensa cai por terra. A construção se dava em cima de uma fala do Presidente Bolsonaro que ao tratar da pandemia mencionava “guerra química” e em outro momento sugeria que o responsável estava em primeiro lugar no PIB – Produto Interno Bruto.

Lógico, que essa imprensa tratou logo de criar uma “crise” diplomática que faria a China possivelmente atrasar remessas de insumos ao Brasil para produção de vacinas pela Fiocruz, responsabilizando Bolsonaro.

Hoje, com a chegada da remessa de insumos do dia 22 e da antecipação do dia 29 deste mês fez desmoronar a intriga e calar a boca dos que querem a “derrubada” do governo federal eleito democraticamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.