Menu fechado

Pazuello teria descartado reserva

Antes de se reunir com o Comando do Exército, o ex-ministro Eduardo Pazuello descartou, a interlocutores, pedir transferência para a reserva do Exército, após participar de um ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, neste domingo (23), no Rio de Janeiro. A CNN apurou que o general vai se reunir com o comandante  Paulo Sérgio na tarde desta segunda-feira (24).

A avaliação é a de que a manifestação não tinha viés político-partidário, tampouco cunho eleitoral. Além disso, Pazuello defende que não fez discurso com cunho político, o que poderia lhe blindar de uma possível punição. No próprio círculo de civis próximos ao general, porém, não se descarta uma punição, mas ainda há a defesa de que o ex-ministro da Saúde tem margem para alinhar com o superior hierárquico uma penalidade que não exponha as Forças Armadas e nem provoque ainda mais desgaste a Pazuello.

Fonte: CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.