Menu fechado

PF prende três por ataque cibernético contra o STF

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (8) três pessoas em uma operação que investiga um ataque cibernético ao Supremo Tribunal Federal (STF) ocorrido em maio. As ordens foram expedidas pelo ministro Alexandre de Moraes.

A tentativa de invasão, ocorrida em maio, tirou o site do STF do ar. Na ocasião, os técnicos afirmaram que não foram acessadas informações sigilosas, nem houve sequestro do ambiente virtual, como ocorreu com o Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2020.

Segundo G1, os mandados de prisão foram cumpridos em Pernambuco. Há buscas alvos em Goiás e São Paulo. Os crimes previstos para ação são invasão a dispositivo de informática e associação criminosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.