Menu fechado

Urgente: STF mantém quebra de sigilo de Pazuello, Ernesto Araújo e Mayra Pinheiro

O ministro Alexandre de Moraes manteve a quebra de sigilo bancário e telemático realizado pela na CPI do covid, dos ex-ministros Pazuello, Ernesto Araújo, já Lewandowski o da secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro, o

Moraes, determinou que as informações obtidas de interesse estrito da CPI do covid devem ser mantidas em caráter sigiloso, bem como, qualquer informação de segurança nacional.

CÁ PRA NÓS: Precedente para quebra de outras figuras centrais do governo. Como lidar com possíveis dados de estratégia do governo federal que possam existir nessas quebras de não interesse da CPI nas mãos da oposição?

2 Comentários

  1. Irapuan Diniz de Aguiar

    Alguém tinha dúvida sobre estas decisões? Os fundamentos para a concessão justificavam a quebra da inviolabilidade do sigilo assegurado na CF?

  2. Maria Dulce de Lima

    Se tivéssemos um Senado Federal que respeitasse a Constituição e o povo brasileiro metade desses vagabundos já estaria bem longe dali

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.