Menu fechado

Austin pub que impediu delegado de entrar armado é sentenciada a pagar R$ 15 mil de indenização

A Justiça cearense, por meio da 24ª Unidade do Juizado Especial Cível de Fortaleza, sentenciou uma casa noturna da Capital a indenizar em R$ 15 mil um delegado da Polícia Civil do Ceará, por danos morais, após ele ser impedido de entrar armado no estabelecimento. O caso ocorreu na madrugada de 26 de janeiro de 2020.

À época, o delegado Huggo Leonardo de Lima Anastácio – que atuava na Delegacia Regional de Aracati e hoje é titular da Delegacia Metropolitana de Caucaia – foi barrado por funcionários da casa de show Austin Pub, localizada no bairro Meireles, ao tentar entrar para comemorar o aniversário de um amigo. Ele portava sua arma funcional. 

Na ocasião, o empresário Daniel Meireles de Sousa Fontenele foi autuado por crime de desobediência após comparecer à entrada do local e confirmar a postura dos seguranças que impediram a entrada do agente.

A casa vai recorrer da decisão judicial.

Fonte: DN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.