Menu fechado

Humanidade – Juiz serve de babá a criança durante Tribunal do Júri

A criança é neta de uma testemunha que não tinha com quem deixá-la. “Hora da presidência ser criativa”, disse o juiz.

Durante um Tribunal do Júri, o juiz de Direito Felipe Morais, de Goiás, teve de enfrentar uma situação na qual o conhecimento jurídico não seria muito útil: o magistrado serviu de babá a neta de uma testemunha que não tinha com quem deixá-la.

O juiz relatou em suas redes sociais que a avó era testemunha fundamental no processo, mas não tinha com quem deixar sua neta. No fórum, não havia nenhum servidor ou servidora para ficar com a criança. “Hora de a presidência ser criativa”, disse o juiz.

Em vídeo gravado pelo próprio juiz – e autorizada a publicação – o magistrado aparece entretendo a criança. Ele diz que a menina utilizou várias páginas de A4 para fazer desenhos e que, ao fim, “não queria mais ir embora”.

Nas redes sociais, o magistrado comemorou: “Sem dano pra Isadora né!!! Que nem reparou que ela estava no Júri! Eu já estou com saudades.”

Fonte: Migalhas

CÁ PRA NÓS: Fazer justiça não é ficar em um pedestal. Fazer justiça com humanidade é missão que fortalece o caráter e aproxima de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.