Menu fechado

Bolsonaro pede à Pfizer antecipação de 10 milhões de doses

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu à cúpula da Pfizer que sejam antecipados lotes de vacinas. O pedido foi por 10 milhões de doses para julho.

A antecipação dos lotes ocorreria dentro dos contratos já assinados do governo com a empresa. O primeiro contrato, assinado em 19 de março, prevê 100 milhões de doses até o final do terceiro trimestre. O segundo contrato prevê 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A CNN apurou que o Brasil já recebeu 8,2 milhões de doses da farmacêutica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.