Menu fechado

Ex-secretário de saúde do Amazonas confirma narrativa de Pazuello

O ex-secretário Marcellus Campêlo confirmou hoje, terça-feira, 15, ao ser ouvido na CPI do Covid a narrativa sequencial do problema grave que ocorreu em Manaus com a falta de oxigênio, narrada no depoimento de Pazuello.

Campêlo asseverou que Pazuello só tomou ciência da falta de entrega do oxigênio medicinal efetivamente no dia 10 de Janeiro. No telefone da noite do dia 07 houve um contato com o ministro da saúde onde comunicou que precisava de apoio na logística para o transporte de cilindros de oxigênio, o que foi prontamente atendido.

Diante da contundência do relato que foi contrária a narrativa de oposicionistas, a Globo News interrompeu a transmissão e passou para programa de estúdio, como já havia feito com Élcio Franco, ex-secretário executivo do Ministério da Saúde.

CÁ PRA NÓS: O que nós assistimos de maneira geral foi o despreparo para inquirir o depoente.Vários senadores demonstraram ausência de conhecimento do que seja a extensão de poder decisório e como funcionam comitês de assessoramento; se arvoram de um conhecimento construído durante a pandemia para imputar acusações a providências tomadas no passado. O que veio a tona é inconteste. Manaus tinha um péssimo sistema de atendimento básico na saúde, falta de utis, ausência de profissionais e possivelmente corrupção. O presidente da CPI Omar Aziz conhece, pois já foi governador, inclusive é investigado por supostos desvios que chegam a 250 milhões na área, conforme órgãos investigatórios. Todo o cenário deprimente de atendimento ao cidadão por anos de negligência estourou na crise do oxigênio, embalada por uma variante agressiva. Claramente, não conseguimos detectar dolo em nenhuma medida do gestor que ficasse caracterizado durante o depoimento. Quando se judicializar esse processo político muita coisa pode mudar.

1 Comentário

  1. Kurt Ricardo Monken

    Para mim, essa CPMI não tem credibilidade nenhuma, principalmente por seu presidente, seu relator, ser pessoas com histórico de processos de corrupção, por já terem seus pareceres pré concebidos política mente e, claramente parcial, acredito eu não serem pessoas merecedores dos cargos que ocupam nessa C P I da vergonha e descredibilidade a meu ver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.