Menu fechado

Urgente: Renan assume posição e vai inserir no rol de investigados o ministro Marcelo Queiroga

O relator da CPI do covid senador Renan Calheiros destoando de seus pares resolveu por decisão própria incluir o atual ministro da saúde Marcelo Queiroga no rol de investigados.

Renan apontou agora pouco os seguintes argumentos: compra de vacinas por um valor de 20% a mais; ter indicado ao diretor da OMS a cloroquina e ter asseverando que houve êxito no país; a postura do presidente Bolsonaro em contraposição a sua, e falta de autonomia, quando Queiroga disse que tinha.

Redação smp.news

CÁ PRA NÓS; Com relação ao primeiro argumento, até então a voz uníssona era: “quanto vale uma vida humana?”. A segunda linha, segundo o relator, da fala de Queiroga com o diretor da OMS – É crime?. Frase de Queiroga para responder a terceira, “não sou censor do presidente”, e nem pode obrigar. Quanto a questão de autonomia, é uma piada, só pode.

No momento que o ministro traz resultados concretos com a chegada em maior volume de vacinas e contratos de milhares de doses é atingido pelo relator. Ao nosso ver isso não é proteger o povo, e sim buscar desestruturar a paz que tanto Queiroga precisa para trabalhar pela nação. Política no Brasil a cada dia cai no mais absoluto descrédito.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.