Menu fechado

Presidente da Adepol luta em favor da sociedade e da Polícia Civil

Dezenove (19) delegacias no Ceará funcionam sem delegados titulares, esse número representa 10% do total de delegacias no Estado. Tais unidades são atendidas por delegados que respondem também por outros municípios, acumulando funções sem receber o valor devido pelo trabalho duplo.

O presidente da Adepol – Associação dos Delegadosda Polícia Civil do Ceará, Jaime de Paula, destacou que “Destas 185 delegacias, 50 não existem legalmente. Há penalização financeira, mas há também penalização de titularidade para esses delegados. Cada titularidade tem uma pontuação, mas se eles não são considerados titulares, não pontuam para uma promoção. O efetivo da Polícia Civil sempre foi defasado. É um problema de pessoas e também um problema estrutural”.

A Adepol segue na luta pelo reconhecimento e valorização do Delegado de Polícia Civil. Somos combativos a situações como essas e buscamos melhor estruturação tanto para as delegacias quanto para os profissionais, valorizando a segurança pública e a população do estado do Ceará.

CÁ PRA NÓS: Jaime é conhecido por sua determinação e lealdade a Polícia Civil, tendo apoio de praticamente a totalidade da classe, com certeza fará mais uma grande gestão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.