Menu fechado

Estádio Presidente Vargas vai renascendo ao custo de R$ 2 milhões pagos pelo povo (veja foto)

Após ter sido usado como hospital de campanha pelo ex-prefeito Roberto Cláudio, por 5 meses, a um custo de aproximadamente R$ 100 milhões, na primeira onda do covid, gerenciado por uma organização social de São Paulo, agora, o atual gestor de Fortaleza, José Sarto, inicia para valer as obras no gramado com um investimento de quase R$ 2 milhões.

O hospital de campanha trouxe a tona uma série de denúncias levando uma equipe do ministério público cearense a realizar uma inspeção, onde a época foram constatados diversas irregularidades, de leves até graves. Entretanto, depois da divulgação superficial da presença de promotores no local, nenhuma outra informação surgiu.

CÁ PRA NÓS: hora do Ministério Público trazer a tona as providências adotadas e os resultados, é bom para o povo e para o próprio ex-prefeito, pois agindo com lisura, terá seu nome não envolto nesse episódio. O povo quer saber!

CÁ PRA NÓS 2: A empresa é a mesma que forneceu grama sintética nas gestões de Roberto Cláudio para areninhas por um valor total de aproximadamente R$ 40 milhões.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.