Menu fechado

Ex-prefeito de Manaus diz que livrou Aziz de acusação de pedofilia

Arthur Virgílio Neto, ex-prefeito de Manaus, surpreendeu o país, ao fazer uma publicação na última quinta-feira (29) em seu Instagram, onde acusou o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, de ser “malandro municipal” e revelar que a pedido da genitora de Aziz, livrou o parlamentar da acusação de pedofilia.

Conforme o site Terça Livre, Na legenda da publicação, o ex-prefeito diz que o senador Omar Aziz é uma das pessoas mais perversas que já conheceu.

Virgílio Neto, além de falar que Aziz “não tem amigos, tem apenas instantes de amizade”, afirma ainda que livrou o senador de uma grave acusação de pedofilia.“A pedido de sua mãe, respeitável e querida senhora, aceitei, acreditando somente nela, envolver-me na luta da CPI da Pedofilia. Minha não interferência seria sua morte política, uma dura condenação penal e a desmoralização completa, num destino que só deve caber a um pedófilo de verdade”, concluiu.

CÁ PRA NÓS: No caso de Aziz, quem ver cara, ver coração? E não seria a investigação que indicaria se era ou não pedófilo? Pelo menos para isso a CPI serve: expor essas figuras do mundo político brasileiro.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.