Menu fechado

Bomba: Ex-Secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral foi denunciado à Polícia Federal por mentir em CPI de Crimes Cibernéticos

Em 05 de junho de 2018, a Organização Convergência, que coordena uma coalizão de movimentos, grupos e ativistas ingressou na Polícia Federal com uma “notícias criminis” contra Giuseppe Dutra Janino, Secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral, e atual assessor do Ministro do STF Barroso, por ter prestado FALSO TESTEMUNHO (segundo o documento) no dia 03 de novembro de 2015 à Comissão Parlamentar de Inquérito dos crimes Cibernéticos da Câmara dos Deputados.

Diz o documento que “naquela ocasião foi ouvido para esclarecer questões envolvendo o sistema de votação eletrônico e possível prática de crimes de cibernéticos relativos à urna eletrônica”.

A petição elenca uma série de respostas de Giuseppe a integrantes da CPI que é confrontada com documentos e depoimentos, e pelo que se infere supostamente buscaria encobrir vulnerabilidades do sistema de votação eletrônico no Brasil e colocar obstáculo para utilização do voto impresso.

Segundo informação no site da organização ( https://convergencias.org.br/audiencia-publica-na-camara-crimes-ciberneticos/ ) o ex diretor geral da Polícia Federal Rogério Galloro, que deveria ter aberto investigação contra o Sr Janino, PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA SEGURANÇA DAS URNAS ELETRÔNICAS no País, foi convidado durante o exercício da função pela ministra Rosa Weber para o cargo de assessor especial da presidência do TSE, e hoje trabalha junto com o denunciado, blindando o Secretário do Tribunal contra novas denúncias, rotuladas de FAKE NEWS pelos agentes públicos que operam o sistema eleitoral brasileiro”

Redação smp.news

Veja o documento:

Fonte: Portal Convergências

4 Comentários

  1. MARIA LIDUINA ALVES

    Porquê a resistência deste Barroso de não querer voto impresso auditavel já que isso ajudaria na maior segurança deste nosso sistema de votação? Ele não diz nunca o porquê de ser contra . Vamos dar mais confiança para as urnas, vamos colocar o sistema de voto auditavel impresso e assim acabam as suspeitas de que as urnas eletrônicas não são confiáveis.

  2. EDILSON FERREIRA

    O nosso glorioso EB tem excelentes peritos na área de crimes cibernéticos. Está na hora do Verde Oliva fazer uma varredura geral e trazer para o conhecimento da sociedade a verdade que há por trás das muralhas.
    Há uma coisa muito errada no Brasil, sabe-se tudo sobre a vida do Presidente, todo mundo investiga e expõe tudo sobre os passos do nosso mandatário, inventam calúnias e o xingam. determinam o que o presidente pode e não pode fazer, impondo-lhe limites para governar e fica por isso mesmo, entretanto ninguém pode dizer nada ou se contrapor aos “semideuses”.

  3. Carlos

    Porventura há algum crédito para uma ” DEMOCRACIA ENDOSPÉRMICA”? QUE tudo esconde ato muito parecido com a ditadura Chinesa! Nossa basilar carta de crédito a CRFB foi talhada com fundamentos amplos gerais e irrestritos! Em que baseia- se o STF E O STE para discriminar restringir a saudável transparência em desfavor do voto impresso e do candidato JAIR MESSIAS BOLSONARO excluindo-o do processo através de artifícios sem fundamento na lei; Tudo juízo de valor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.