Menu fechado

Operação da PF e PRF combate garimpo ilegal em terras indígenas

A Polícia Federal, com o apoio da Polícia Rodoviária, Funai e outras instituições, deflagrou a Operação Poturu, para reprimir a prática de garimpo ilegal em terras indígenas do Pará. Cerca de 40 policiais federais e 16 integrantes de órgãos parceiros atuaram na desarticulação do garimpo ilegal, localizado no município de Almeirim.

Além da desativação de garimpos, da apreensão de materiais e destruição de maquinários utilizados na prática ilegal, a operação ajudou na repressão de outros crimes ambientais causados pela extração ilícita de minérios.
Estima-se dano ambiental na ordem de R$ 74,5 milhões na área de garimpo de 325 hectares, conhecida como “13 de Maio”, pelos danos causados com o desmatamento e a extração mineral ilegal.

Ao longo deste ano, foram deflagradas operações de semelhante natureza nas Terras Indígenas Karipuna (RO), Munduruku (PA) e Yanomami (RR/AM), outras intervenções acontecerão.

Fonte: Polícia Federal / SecomVc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.