Menu fechado

Anvisa nega uso de Coronavac para crianças e adolescentes

A área técnica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a relatora Meiruze Sousa Freitas recomendaram nesta quarta-feira, 18, negar aval para uso da vacina Coronavac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos.

Técnicos da agência apontaram que ainda faltam dados para confirmar segurança e eficácia da aplicação das doses neste grupo.

A diretora e relatora do processo também recomendou que o Ministério da Saúde avalie o uso de dose de reforço para pessoas de grupos de maior risco, como idosos acima de 80 anos e pacientes imunocomprometidos, que receberam duas doses da Coronavac.

Os diretores Rômison Rodrigues, Alex Machado e Cristiane Rose Jourdan acompanharam o voto da relatora e formaram maioria. O diretor-presidente Antonio Barra Torres ainda se manifestará.

A Coronavac está autorizada para uso emergencial no Brasil desde 17 de janeiro deste ano para maiores de 18 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.