Menu fechado

Fachin rejeita pedido da CPI para suspender investigações de vazamentos

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou um pleito realizado pela cúpula da CPI da Covid, que pretendia suspender uma investigação anunciada pela Polícia Federal (PF) para apurar o vazamento de informações na comissão. Fachin negou o pedido porque, depois de ter anunciado o inquérito, a PF comunicou que ainda não havia instaurado o procedimento e que vai pedir autorização do STF para isso.

A cúpula da Comissão, Omar Aziz (presidente), Rodolphe Rodrigues (vice) e Renan Calheiros (relator), se insurgiu pois, possíveis investigados teriam foro privilegiado o que atrairia a autorização ou não do Supremo.

CÁ PRA NÓS: A Comissão tem tido sequência de derrotas. A prisão de Roberto Dias, ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, por suposto falso testemunho, foi anulada. Ontem, sexta, 20, a médica e gestora da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, conseguiu através de reclamação junto ao ministro Lewandowski barrar o sistemático vazamento de seus dados protegidos por decisão judicial. Outros casos estão em trâmite como da Dra. Nise Yamaguchi e de sua assessora. Agora é aguardar a decisão de Fachin acerca do requerimento da PF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.