Menu fechado

Relembre: 2015 – Gilmar Mendes, “transformaram o País em um sindicato do crime”

Em 2015, Gilmar Mendes, o incansável algoz da Lava Jato e de Sergio Moro, assim se manifestou sobre o lulopetismo: ‘temos de evitar a continuidade de um projeto no qual ladrões de sindicato transformaram o País em um sindicato de ladrões’.

Este mesmo senhor, ao lado dos ministros Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, entre outros, liderou a anulação das condenações do líder dos ‘ladrões de sindicatos’, que agora coleciona vitórias em série nas instâncias inferiores do judiciário federal.

Quem pode duvidar dos atos de Lula da Silva e de todo o bando que assaltou o País durante anos? Quem é capaz de desmentir as provas, os fatos, as testemunhas, os documentos, os réus confessos!!, e os bilhões de reais recuperados pela Lava Jato?
Lula não é inocente. Ao contrário. É culpado e foi devidamente condenado em duas instâncias, e teve suas condenações ratificadas por ao menos onze ministros do STJ e STF, antes do golpe mortal que anulou juridicamente seu passado de crimes.

Trecho da coluna de Ricardo Kertzman – “Lula cada vez mais distante da Justiça e da verdade dos fatos” – Estado de Minas, 23/08/2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.