Menu fechado

CGU derruba em parte decisão comando do Exército e determina que seja entregue à Folha parte de procedimento contra Pazuello

A CGU (Controladoria-Geral da União) enviou na noite de ontem, segunda-feira (23) à Folha de S.Paulo cópia de documento em que determina que o Exército forneça, em um prazo máximo de 20 dias, os extratos do procedimento administrativo que livrou de punição o general da ativa Eduardo Pazuello.

Ex-ministro da Saúde, o oficial participou de um ato político no dia 23 de maio, no Rio de Janeiro, ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

A decisão da CGU atendeu parcialmente a recurso apresentado pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação e, na prática, derruba em parte a decisão do Exército de impor um sigilo de 100 anos sobre o caso.

Leia na íntegra:

https://www.otempo.com.br/mobile/politica/cgu-reverte-sigilo-de-processo-sobre-pazuello-e-exercito-diz-que-divulgacao-afeta-imagem-de-comandante-1.2532078?utm_source=whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.