Menu fechado

Mulher repreendida por usar biquíni em parque, ganha indenização (veja vídeo)

Conforme UOL, a servidora pública Patricia Nogueira, que em maio foi repreendida por usar a parte de cima do biquíni em um parque de Brasília, deve receber uma indenização de R$ 3 mil por danos morais. A sentença é da juíza Maria Rita Teizen Marques de Oliveira, que condenou a Emsa (Empresa Sul Americana de Montagens), responsável pela administração do Pontão do Lago Sul, na orla do Lago Paranoá. Cabe recurso contra a decisão.

Patricia foi repreendida por um segurança do parque por estar de shorts e com a parte de cima do biquíni enquanto pedalava de bicicleta no dia 7 de maio. Ela registrou tudo em um vídeo. “A sentença foi uma vitória coletiva de todas as mulheres, isso nunca foi uma questão pessoal minha. Sempre foi uma tentativa de buscar que a empresa reconhecesse, primeiro de forma voluntária e depois na Justiça, o absurdo da situação”, declarou a servidora.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.