Menu fechado

Urgente: Jefferson permanece preso, decide Moraes

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve nesta terça-feira, 31, a prisão preventiva de Roberto Jefferson, ex-deputado federal e Presidente do PTB. O advogado do ex-deputado alegava motivos de saúde para a soltura de Jefferson, preso no Rio de Janeiro desde o último dia 13.

Jefferson foi denunciado pela PGR e preso acusado de integrar uma suposta organização criminosa digital contra a democracia. Moraes indicou que não fora juntado ao pleito provas da sua saúde debilitada, conforme dito pela defesa.

CÁ PRA NÓS: É complicado, um ministro que foi atingido por palavras grosseiras, no caso, vítima, decidir acerca da liberdade do agressor. Como ter imparcialidade?

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.