Menu fechado

Ações do governo Bolsonaro fortalecem o combate aos incêndios e desmatamentos ilegais

Em reunião no Palácio do Planalto, os ministros do Meio Ambiente, Joaquim Leite, da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e da Casa Civil, Ciro Nogueira, ressaltaram as ações do Governo Federal para combater as queimadas e o desmatamento ilegal.

Entre as iniciativas estão o cumprimento à determinação do Presidente Jair Bolsonaro para dobrar os recursos destinados à fiscalização de crimes ambientais. Segundo o ministro do Meio Ambiente, o montante passou de R$ 228 milhões para R$ 498 milhões, os quais estão sendo utilizados na compra de equipamentos para fortalecer a vigilância.

Além disso, também a pedido do Presidente, foi autorizada a contratação de 700 novos servidores para atuarem no Ibama e no ICMBio, em um investimento de cerca de R$ 200 milhões. Outra ação foi o sucesso da Operação Guardiões do Bioma, que disponibilizou 6 mil brigadistas para atuar em ações de prevenção e repressão a queimadas e a outros crimes ambientais.

Dados recentes sobre desmatamento mostram que a integração de forças do Governo Federal tem produzido resultados positivos. “No mês de agosto, previamente, estamos com números de aproximadamente 30% de redução em relação ao ano passado”, pontuou Joaquim Leite.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, informou que, atualmente, a Força Nacional participa de 14 operações na Amazônia Legal e ressaltou os investimentos de R$ 49 milhões na tecnologia do Programa Brasil Mais, que auxilia a Polícia Federal e as polícias estaduais na identificação de crimes ambientais.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.