Menu fechado

Jornalista diz que manifestações foram “para quebrar a democracia”

O jornalista da Globo News Otávio Guedes, disse no Estúdio i , nesta terça, ao analisar o pronunciamento do Presidente Arthur Lira, relativo ao momento que fala das manifestações como “atos pungentes da democracia”, que existe um equívoco, pois, “AS MANIFESTAÇÕES FORAM PARA QUEBRAR A DEMOCRACIA, e não bancos” (vandalismo).

CÁ PRA NÓS: legítima a posição do jornalista, nada contra nesse sentido, vivemos um Estado Democrático de Direito. Mas, também temos direito a nossa. É um desrespeito às famílias brasileiras que compareceram espontaneamente a uma manifestação ordeira e pacífica. Não podemos tirar uma ou outra frase escrita de forma forte, exorbitante, em uma faixa, como sendo a tônica principal. O maior sentimento é a indignação de ver membro de um poder atuando de maneira em desconformidade com o devido processo legal e garantias individuais, ao nosso ver, e legislando, competência que não possui. E aqui, concordamos com o vice-presidente Mourão, que disse hoje, que acha errado Moraes conduzir um inquérito.

1 Comentário

  1. Joana D'arc A Sousa

    Para um cara que se diz jornalista, ele não é um profissional na área. Todo jornalista bom, no mínimo tem que ser investigativo e imparcial, pois é o que informa!
    Opinião de abobaiado não é informação! Busque as pautas dos movimentos e veja se não são democráticos, se disser que não são, então sinto dizer que está mesmo na área profissional errada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.