Menu fechado

Presidente da CPI chama ministro da CGU de prevaricador. Rosário rebate: “calúnia é crime”

Wagner Rosário (CGU), desafia, “aguardo ansiosamente sua convocação”

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), senador Omar Aziz, em sessão hoje, quarta-feira, 15, após Eduardo Girão cobrar mais uma vez a presença do ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário, para prestar depoimento acerca dos desvios de recursos federais por Estados e Municípios, ouviu de forma rude a resposta de Aziz, “ele (Wagner) tem que vir mesmo, mas não para jogar para a platéia não, é para explicar porque não tomou providências”. E arrematou “É um prevaricador”.

Aziz não satisfeito determinou o indiciamento (?) de Wagner, tendo o relator Renan Calheiros: “sugestão, né presidente?”. A determinação de Aziz ocorreu após o lobista da Precisa Medicamentos Marconny Faria dizer que a CGU realizou operação de busca e operação na casa dele em outubro de 2020. Aziz afirmou também que vai marcar o depoimento do ministro.

Em rede social o CGU reagiu e desafiou. Aziz em seguida, confirmou o que havia dito. Veja:

CÁ PRA NÓS: A bola agora é do presidente da CPI. Convoca AZIZ !!!!!

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.