Menu fechado

Sabatina de Mendonça já tem data limite

A sabatina do ex-ministro da Justiça, André Mendonça, indicado pelo presidente Bolsonaro para uma vaga no STF, aberta pela aposentadoria do ministro Marco Aurélio, já tem data limite, 15 de outubro.

A delimitação foi dita por Alcolumbre, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), do Senado Federal, onde se dará a sabatina.

A decisão veio após intensa pressão de líderes evangélicas, senadores e redes sociais.

Recentemente, os Senadores Alessandro Vieira e Kajuru ingressaram com ação na Corte Suprema, ante a passividade de Alcolumbre, que sem motivos Republicanos, segurava o momento do debate, que leva em seguida a votação. Para chegar ao Supremo, Mendonça precisa de maioria simples, 41 votos dos 80 senadores.

Redação smp.news

5 Comentários

  1. Emerson Muniz de Almeida

    Na verdade esse Senador de meia tijela, o Alcolumbre pensa que ele sozinho vai manobrar o país. Safado e sem escrúpulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.