Menu fechado

ANS investiga Hapvida e faz diligências para apurar suspeitas em prescrições contra a covid-19

Em meio ao escândalo sobre denúncias de supostas ilegalidades da Prevent Senior, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) também apura a conduta de outra empresa na pandemia de covid-19: a Hapvida, a principal operadora de saúde do Nordeste e do Norte e uma das maiores do país.

Há também uma apuração sobre o Grupo São Francisco, no interior de São Paulo, que foi comprado pela Hapvida em 2019.

A ANS, agência reguladora dos planos de saúde, passou a investigar a Hapvida após relatos de que a empresa supostamente pressionava médicos de diferentes locais, inclusive no Grupo São Francisco, para receitar hidroxicloroquina em casos suspeitos ou confirmados de covid-19.

Na manhã desta segunda-feira (27/09), a ANS fez “diligências in loco” nas sedes da Hapvida e do Grupo São Francisco para buscar “mais informações para o processo de apuração” sobre as suspeitas de irregularidades. A agência não detalhou quais os materiais que foram alvos e que serão analisados na investigação.

BBC News

CÁ PRA NÓS: A CPI já andou querendo convocar diretores. O cerne da questão são supostas pressões aos médicos.

1 Comentário

  1. Ribamar

    Essa é a CPI da pilantraria, ao invés de investigar os gonvernadores e prefeitos que desviaram o dinheiro público, vão investigar planos de saúde, são muitos … esses senadores de oposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.