Menu fechado

Ministério Público emite Nota acerca da violência em Chorozinho e cobra providências

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Chorozinho, vem a público lamentar uma nova sequência de homicídios ocorridos na cidade nesta quarta-feira (29/09/2021), quando mais quatro pessoas foram assassinadas em menos de 24h. Durante toda o dia de ontem, o promotor que atua em Chorozinho acompanhou os desdobramentos dos casos, e esteve em contato direto com policiais civis e militares que atendiam as ocorrências.  

Ao mesmo tempo em que o MPCE se solidariza com os familiares e amigos das vítimas, manifesta grande preocupação com o serviço de segurança pública oferecido à população daquele município e reitera a necessidade de mais investimentos no aparato policial da cidade. 

É preciso salientar que no último dia 20 de setembro, foi expedida recomendação à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado e à Superintendência da Polícia Civil do Ceará para que fosse ampliado o efetivo da delegacia da cidade. O documento também solicita que seja montada uma força-tarefa de policiais civis para auxiliarem na investigação dos recentes crimes, a exemplo da chacina de quatro jovens, em 18 de setembro de 2021. O prazo para envio de resposta à Recomendação do MP termina nesta sexta-feira (01/10). Até a manhã desta quinta-feira (30/09), a Promotoria de Justiça de Chorozinho não havia recebido nenhuma manifestação do Estado.  

Segundo observou o promotor de Justiça, a delegacia de Chorozinho perdeu para outras delegacias, apenas neste ano de 2021, dois policiais civis, estando outros dois de licença médica, totalizando a diminuição de quatro policiais. Conforme a recomendação, o bom funcionamento da Polícia Civil é sabidamente causa de melhora na vida da população com a diminuição dos crimes comuns, repressão ao tráfico de drogas e apoio ostensivo às operações realizadas. 

Em caso de não acatamento da Recomendação, o Ministério Público salienta que adotará as medidas legais necessárias, a fim de assegurar a sua implementação, inclusive por meio do ajuizamento das ações pertinentes, dentre as quais ações civis públicas, de improbidade administrativa e demais cabíveis.  

O MPCE solicita que a população de Chorozinho também colabore com a elucidação dos crimes. Denúncias, inclusive sigilosas, podem ser encaminhadas diretamente à Promotoria de Justiça pelo telefone/WhatsApp: (85) 98563-3443. 

Ministério Público do Estado do Ceará 


2 Comentários

  1. André Uchôa

    A poucos dias, em uma dessas cidades do interior, uma juíza determinou a soltura de um traficante, sob a alegativa de que a prisão teria sido ilegal, por motivação da abordagem, segundo ela, não ter uma fundamentada suspeita que justificasse a abordagem. Enfim foi feito abordagem e encantado com os elementos, dentro do veículo drogas e mesmo assim, os elementos foram soltos e sobrou para os policiais, além de ficarem desmoralizados, a juíza determinou a apuração da ação dos policiais. As polícias estão engessadas, principalmente os que estão nas ruas, não há apoio jurídico, as leis cheias de brechas e outras facilitando a vida de vagabundos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.