Menu fechado

Kajuru mostra o jogo medíocre do todo poderoso Alcolumbre

O senador Jorge Kajuru (Podemos) disse que o presidente da CCJ do Senado, Davi Alcolumbre, deixou claro a ele que a não marcação da sabatina de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF) é uma retaliação ao presidente Jair Bolsonaro.

Davi me disse que precisamos mostrar que o Bolsonaro não manda no Senado”, afirmou Kajuru.

Alcolumbre preside a CCJ, onde indicados ao STF precisam ser sabatinados. Mendonça foi indicado há exatos três meses.

“Eu até concordo com o Davi que precisamos mostrar ao Bolsonaro que ele não manda aqui. Mas é óbvio demais que a jogada ensaiada do Davi é naufragar o nome de André Mendonça e colocar na disputa o Augusto Aras”, comentou Kajuru.

Aras foi reconduzido à Procuradoria-Geral da República para mais dois anos de gestão, mas poderia, sim, renunciar ao cargo e ser indicado ao STF, se o plano realmente fosse esse.

CÁ PRA NÓS: Cabe aos Senadores rejeitar ou não o nome de André Mendonça. A esse Alcolumbre a obrigação é pautar. Faça, e respeite seus colegas, ministros do STF e a sociedade brasileira.

2 Comentários

  1. Franco Pinheiro

    Manda o Alcolumbre se candidatar a Presidente da República, única forma de ter a prerrogativa de indicar um nom para o STF. Isto é uma opção mais lógica e sensata, pois, retardando a sabatina do André Mendonça ele mostra a sua falta de caráter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.