Menu fechado

MPE opina pela improcedência de ações contra a chapa Bolsonaro-Mourão

O Ministério Público Eleitoral afirma, em petição de 55 páginas obtida pela CNN, que devem ser julgadas improcedentes as ações de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para o MPE, não existem ilícitos da conduta descrita pelo Partido dos Trabalhadores nas ações, que acusam a chapa de Jair Bolsonaro de abuso de poder econômico e utilização indevida dos meios de comunicação por disparos em massa no WhatsApp.

“Em síntese, ante o conjunto probatório dos autos, conclui-se pela não comprovação da gravidade dos ilícitos narrados em grau apto para viciar substancialmente a legitimidade e a normalidade das eleições, o que inviabiliza o pedido de cassação do diploma. Do mesmo modo, porque não existem elementos concretos sólidos caracterizadores da participação ou da anuência dos candidatos representados nos atos abusivos, não prospera a declaração de inelegibilidade postulada.”

A ação é assinada por Paulo Gustavo Gonet Branco, vice-procurador-geral eleitoral.

4 Comentários

  1. DOMINGOS SÁLVIO TEIXEIRA

    ESTÃO PROCURANDO CHIFRE NA CABEÇA DE CAVALO, FOI A ELEIÇÃO MAIS LIMPA E BONITA QUE O PAÍS JÁ VIVENCIOU EM TODOS OS TEMPOS PARA PRESIDENTE DO BRASIL. BOLSONARO VAI PRA CIMA DELES, O POVO DE BEM DESTA NAÇÃO BRASILEIRA, TE APOIA. FORÇA ! 👊💪

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.