Menu fechado

Ceará no topo das mortes violentas de crianças e adolescentes em 2020

A UNICEF é o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgaram ontem, sexta, 22, um compilado de ocorrências letais contra crianças e adolescentes no país. Na análise conjunta o Ceará é o Estado onde existem mais assassinatos na faixa etária entre 10 a 19 anos, na perspectiva de mortes por milhão (taxa percentual).

O estudo no Brasil indica que em 2020 no Ceará, foram 46 mortes por 100 mil habitantes na faixa etária mencionada, somando 719 mortes. Se ampliado para 0 a 19 anos o total vai para 735.

Até os 12 anos a violência que atinge as crianças é a doméstica, enquanto na adolescência as mortes, em sua maioria, ocorrem nas ruas.

CÁ PRA NÓS: Essa lamentável posição do Estado perante o país na morte de crianças e adolescentes não é de hoje. É um indicador cabal da ausência de políticas públicas que atuem permanentemente em retirar essas pessoas das ruas com escolas funcionando em três tempos, cursos profissionalizantes, primeiro emprego, urbanização e segurança pública de áreas loteadas pelo crime.

Com informações DN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.