Menu fechado

Nova variante Delta Plus chama atenção de autoridades de saúde do Reino Unido

Uma sublinhagem da variante Delta que até então não era grande motivo de preocupação chamou a atenção das autoridades de saúde do Reino Unido que afirmaram, nesta semana, monitorar “muito de perto” a mutação. A AY.4.2, apelidada de Delta plus, representa cerca de 6% dos casos de Covid-19 na região, segundo a Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido, e já foi detectada em países como Israel, Estados Unidos e Dinamarca, mas em menor quantidade.

Baseado na observação do comportamento da AY.4.2, o diretor do Instituto de Genética da University College of London, no Reino Unido, Francois Balloux, estima que ela pode ser cerca de 10% mais transmissível em relação à Delta. Mesmo assim, especialistas consideram que não é possível associar ainda a Delta plus ao aumento da contaminação, e apontam o fim das medidas restritivas e a cobertura vacinal estagnada como alguns fatores que propiciam o avanço do vírus.

Além da maior transmissibilidade, outra grande preocupação é se a Delta plus consegue escapar dos anticorpos produzidos pelas vacinas. O geneticista e diretor do Laboratório Genetika, em Curitiba, Salmo Raskin, explica que, apesar de os imunizantes terem sido criados para combater a variante original do SARS-CoV-2, identificada em Wuhan, na China, eles têm se mostrado eficazes contra todas as variantes posteriores. Mas estudos ainda são necessários para saber como funciona na prática com a AY.4.2.

— Por ser uma sublinhagem da Delta, espera-se que a vacina continue eficaz contra a nova mutação. No entanto, a Delta já é a variante que mais consegue escapar dos anticorpos, o que pode diminuir a eficácia da vacina, então não deixa de ser uma preocupação — afirma Raskin.

Além de ser a que oferece maior resistência aos imunizantes, a Delta é de 40% a 60% mais contagiosa que a Alfa, e quase duas vezes mais transmissível que a cepa original do vírus, apontam dados do governo do Reino Unido.

Extra Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.