Menu fechado

Estudante é morto na calçada de churrascaria onde trabalhava como garçom em Messejana

A criminalidade continua solta na Capital, são crimes diários sem escolher local ou horário. Desta feita, a vítima foi mais um jovem estudante de 16 anos, João Vitor Alves da Silva, atingido por disparos efetuados por dois homens encapuzados que desceram de dois veículos, onde comparsas davam coberturas, e atingiram o jovem na calçada de uma churrascaria onde trabalhava como garçom, para complementar a renda de sua família. Clientes e funcionários estavam no local, mas ninguém foi atingido.

Conforme familiares, João Vitor estudava pela manhã e trabalhava a noite. A Polícia informou que o mesmo não possuía antecedentes criminais.

A execução ocorreu no último domingo, 24, na Praça do Guajeru, em Messejana.

CÁ PRA NÓS: Mais um jovem que teve sua vida subtraída, e será mais um número na fria estatística. Os criminosos tem boa chance de ficar na mais completa impunidade, pela total desproporção entre os crimes e o número de agentes para investigá-los.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.