Menu fechado

Sindipostos emite Nota para restabelecer a verdade acerca do ICMS

O presidente do SINDIPOSTOS, entidade que representa os revendedores de combustíveis do Ceará, Manuel Novais Neto, veio a público através de Nota, visando corrigir distorções que são divulgadas pelos governos estaduais como “ICMS não tem aumentado desde 2016” e que “o tributo vai ser congelado por três meses”.

Leia a nota:

CÁ PRA NÓS: Presidente da entidade se mostra transparente e firme em defesa dos associados e da sociedade. Com a palavra os governadores.

23 Comentários

    • Antonio Ferreira de Miranda

      A metodologia para formar a base de cálculo do ICMS sempre foi essa, com a mesma alíquota, e o valor do combustível não era esse absurdo. Essa nota trás nas entrelinhas a falsa informação que é padrão dos bolsonaristas, para confundir a população. Em nenhum momento faz referência do atrelamento do dólar, que está nas nuvens, á base de cálculo do imposto. Esse sim, como política econômica adotada pelo governo federal, o verdadeiro motivo do preço final nas bombas de combustíveis.
      Até concordo que a entidade defende o interesse dos associados, mas está longe de defender a sociedade.

  1. Antonio Carlos Colombo

    De fato,uma única verdade nessa matéria..O Desgoverno em nosso estado nos quebra e nos afunda como um Titanic..Novaes Neto foi cirúrgico em suas palavras(desenhando)para todos os leitores o inferno que esse governo sem vergonha nos impõe.

    • Genilson

      Será que esse senhor não sabe que imposto sobre valor agregado, em todo lugar do mundo é cobrado com base no valor final da venda? Ou será que ele tá tentando iludir o povo.

      • Anônimo

        A metodologia para formar a base de cálculo do ICMS sempre foi essa, com a mesma alíquota, e o valor do combustível não era esse absurdo. Essa nota trás nas entrelinhas a falsa informação que é padrão dos bolsonaristas, para confundir a população. Em nenhum momento faz referência do atrelamento do dólar, que está nas nuvens, á base de cálculo do imposto. Esse sim, como política econômica adotada pelo governo federal, o verdadeiro motivo do preço final nas bombas de combustíveis.
        Até concordo que a entidade defende o interesse dos associados, mas está longe de defender a sociedade.

  2. JOSE FERNANDO MOURAO CAVALCANTE

    A carta do Sindipostos Ceará está bem didática, clara e mostra claramente quem é o vilão nesta história.
    Nunca se viu um governo do Ceará (PT) tão ávido por cobrança de impostos dos cearenses.
    O pior é que o governo do Ceará gasta grande parte destes impostos arrecadados para “calar a imprensa local”.
    Em resumo, é uma vergonha!

  3. Francisca

    Se o NAZISMO que matou 10 milhões de pessoas é Criminalizado por que o COMUNISMO que é o Socialismo dos governadores que no mundo matou mais de 100 milhões também não é Criminalizado? Alguém pode responder?

    • Erick

      Ainda está nessa viagem de comunismo?? Pq o PT esse tempo todo no poder não deu um golpe comunista?? E agora se ficasse mais 1 ano no poder o Brasil ia virar a Venezuela?? Minha senhora, melhore

  4. JOAO ALBERTO

    O que vai ficar congelado é a base de cálculo o Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF) que serve de base cálculo do ICMS, que acredito que não muda em nada se a petrobras colocar um novo aumento.

  5. Luis carlos

    Ate que ponto chegamos. Um alienado, inexperiente, provincianos infantil a defender atributos e tributos com argumentos pueris, inexoravelmente saida de cabeças adultas que querem compatibilizar um esquema de deturpação da realidade.
    Imagina um país como esse guiado por medíocres dessa natureza.
    Vem eleições ai.
    Estadios, reveion, carnaval, praia comercio “vai pra rua” tudo podera ser liberado.
    Acho que um pirulito e mais facil pra convencer…
    Depois veremos o resultado.
    E um crime de responsabilidade civil o que fazem com o povo, muito embora os “inocentoes” o defenda.

    Incrivel.

  6. Joao Alberto

    Alíquota altíssima do ICMS 👍!

    O que precisa é mudar a política de preços da Petrobras, do que adiantaria reduzir alíquotas do ICMS, se toda semana vai ter aumento.

  7. Joao Alberto

    Alíquota do ICMS altíssima 👍!

    Mas do que adiantaria reduzir alíquota, congelar base de cálculo, se a Petrobras vai subir toda semana, precisa mudar a política de preço da Petrobras, que o presidente e seu filho em 2018, condenavam usaram para campanha e nada mudam!

  8. Erick

    Nessa nota ele devia fazer um apelo pra mudar a forma de precificação, que só deve ser em dólar quando vai exportar. O petróleo que fica aqui no Brasil devia ser comprado em reais mesmo. Eu não vejo muito sentido nisso. Quem vê sentido nisso são os acionistas lá da Faria Lima. Que desgoverno!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.