Menu fechado

Senadores podem reunir CCJ sem Alcolumbre para sabatina de André Mendonça

  • Regimento prevê reunião de comissão sem consentimento de seu presidente

Senadores favoráveis à realização da sabatina de André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal, avaliam realizar a sabatina sem o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP). A informação é do jornal O Globo.

Alcolumbre permanece resistindo à indicação do ex-advogado-geral da União feita pela presidente Jair Bolsonaro para o STF, não tendo se manifestado após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ter comunicado um período de esforço concentrado em todas as comissões, para votação de indicados e outras matérias. O regimento da Casa prevê a possibilidade de haver sessão mesmo sem o consentimento do senador que comanda a comissão.

“De acordo com o regimento, a CCJ deve se reunir todas as quartas-feiras. Para isso, basta haver um quinto dos membros. O movimento estudado como um plano B caso Alcolumbre siga resistindo, funcionaria como uma espécie de ‘autoconvocação'”, informou O Globo.

A CCJ não se reúne há cinco semanas. Há três meses e meio, Alcolumbre resiste em marcar a sabatina de Mendonça.

2 Comentários

  1. Francisco Arciso Ferreira do Carmo

    Bem q poderiam pagar em Gigawats.a dívida q Dilma deixou…cada prazo uns tantos gigawats até pagar a dívida….e não jogar nas nossas costas também não somos burros de cargas..p estar carregando irresponsabilidades de uma anta estocadora de vento..agora a situação já está das piores depois de uma pandemia..aliás nem se sabe se já acabou,ouvi dizer q morrera até fevereiro mais 600 mil mortes…pois estão precisando de milhões de dólares ainda…e com uma conta de luz tão abusiva sendo q não gastei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.