Menu fechado

Pacheco aponta interferência do STF em orçamento

“Considero que há um equívoco do ponto de vista técnico, jurídico e político (…). Respeito a decisão da ministra Rosa Weber, embora dela discorde. Acho que o STF pode chegar a um caminho de centro, moderado, de equilíbrio para uma modulação dessa decisão, para garantir a transparência pretendida sem objetar a essência do orçamento, que é fazer que seja gerido e distribuído nacionalmente por diversos atores”, apontou o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, em entrevista à CNN Brasil, em Glasgow, onde participa da COP26.

Rosa Weber em seu voto, como relatora de ação que questiona o direcionamento de verbas pelo relator do Orçamento, suspendeu todas as emendas. O STF já formou maioria para seguir a decisão da relatoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.