O presidente da CPI da Covid na Assembleia Legislativa do RN, Kelps Lima, comentou sobre a finalização dos trabalhos da Comissão que pediu o indiciamento de 11 pessoas, entre elas a governadora do RN, Fátima Bezerra, o governador da Bahia, Rui Costa, dois ex-ministros do governo Dilma, Carlos Gabas e Edinho do PT, além do ex-chefe da Casa Civil da Bahia, Bruno Dauster e o do secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, além de empresários e “corretores de propina”, como denominou Kelps.

“Ficou claro que Consórcio Nordeste se transformou em agente de um projeto político nacional em que houve fraude, desvio de dinheiro público e favorecimento desse grupo político, inclusive com tentativa de doação do dinheiro do Nordeste para a cidade de Araraquara, em São Paulo”, disse o parlamentar.

2 COMMENTS

  1. É o todo Brasileiro Trabalhador honesto , cumpridor das suas obrigações, e que ama o Brasil e admira e respeita o nosso Presidente Bolsonaro Espera dos nossos verdadeiros Patriotas Juízes!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here