Menu fechado

Polícia comunista chinesa imita STF, invade site e prende jornalistas em Hong Kong

Da mesma forma que fez a Polícia Federal a mando do ministro Alexandre de Moraes, STF, ao invadir sites como Terça Livre e Folha Política, a polícia comunista chinesa invadiu o site de notícias pró-democracia Stand News, em Hong Kong, que foi fechado nesta quarta-feira, 29, segundo a agência de notícias Associated Press, diz o blog do Políbio Braga.

A polícia invadiu o escritório do site no distrito de Kwun Tong, região semi-autônoma chinesa, no início do dia e prendeu seis pessoas entre jornalistas, editores e membros do conselho. Também foram feitas buscas nas casas dos detidos. Mais de 200 policiais estiveram envolvidos na busca.

Os seis foram presos por meio de um decreto-lei criminal acusados de sedição, uma conspiração para veicular publicações sediciosas — insurreição contra a autoridade estabelecida. Os condenados podem pegar até dois anos de prisão e multa de até US$ 500.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.