O SEM MEIAS PALAVRAS e o site smp.news vem acompanhando o estranho caso da biblioteca estadual. A Secretaria de Cultura do Ceará simplesmente resolveu suprimir o nome oficial Governador Menezes Pimentel.

O equipamento cultural foi totalmente descaracterizado, sem a sua denominação oficial na fachada, nas sinalizações internas e nas suas redes sociais oficiais (Facebook e Instagram). Após denúncias ao Ministério Público, a SECULT respondeu que “não há que se falar em qualquer apagamento da denominação oficial da biblioteca”.

CÁ PRA NÓS: E o Ministério Público vai engolir esse engodo?

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here