Menu fechado

Congelamento do ICMS no preço do combustível pode cair no final de janeiro

O congelamento no preço do ICMS acordado pelos governadores em outubro vale até o dia 31 de janeiro, tendo sido uma tentativa de tentar frear a escalada no preço dos combustíveis e também dar um prazo adicional para União, Petrobras, Congresso e até os próprios governadores para buscar uma medida definitiva sobre a questão do ICMS.

Só que agora eles não querem mais prorrogar esse congelamento do ICMS a partir de fevereiro. O coordenador do Fórum Nacional de Governadores, Wellington Dias, que é governador do Piauí, disse que a maioria dos estados votou para que esse congelamento só dure realmente até o dia 31, porque o governo federal não demonstrou a abertura para dialogar sobre a disparada no preço dos combustíveis e a gota d’água foi o último aumento da Petrobras anunciado nessa semana para a gasolina e para o diesel.

Entretanto, esse debate está dividindo os governadores e os secretários estaduais de fazenda, que ainda não formaram um consenso sobre o assunto. Inclusive os secretários vão ter uma reunião do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda e finanças para tratar sobre esse tema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.